h1

Crytek comenta sobre o ONLIVE

5 de abril de 2009

Pra quem não conhece, o “OnLive” foi revelado na GDC nesse ano, e também foi a “Bomba” da conferência. A proposta do Onlive é: todas as pessoas poderão jogar um jogo super pesado, com gráficos avançados em um computador com requerimentos bem abaixo do que este exige, ou seja, você tem um computador que não consegue rodar o “Crysis”, mais poderá joga-lo online com o “OnLive”, tudo o que você irá precisar é de uma Conexão bem ROBUSTA (1 MB ou acima).

A “Crytek” criadora – do então citado acima – “Crysis”, resolveu falar do “OnLive”, disse que este tipo de serviço não será possível antes de 2014, devido a limitações.

“Fizemos a nossa investigação nesta área em 2005, e que parou em 2007 porque tínhamos dúvidas sobre a viabilidade econômica do projeto. Através da conexão banda larga qualquer projeto se tornaria muito mais caro”, disse Cevat Yerli, CEO da Crytek.

que em seguida disse:

“Não temos nada a ver com o “OnLive”, apenas permitimos a utilização do “Crysis” em testes.”

De acordo com estimativas feitas pela “Software House”, a tecnologia que faria com o sistema “OnLive” funcione de forma satisfatória, só estará disponível entre 2013 e 2015. Yerli disse que os fornecedores de banda larga serão uma figura-chave para definir se o projeto vai se tornar uma realidade ou não. O “OnLive” estará disponível no próximo inverno, para PC e Mac.

onlogo

Anúncios

One comment

  1. Se um computador fraco conseguiu rodar o crysis, é realmente uma puta idéia!

    Mas minha renda nao me permite uma conexão dessas;



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: